Castelo de Edimburgo

O Castelo de Edimburgo se impõe sobre a colina de Castle Hill e é a visita turística mais importante de Edimburgo. Conheça os seus segredos.

O Castelo de Edimburgo é uma antiga fortaleza e um dos lugares mais emblemáticos da cidade, além de ser um dos mais visitados. Com mais de um milhão de visitantes por ano, o castelo se levanta imponente sobre a colina de Castle Hill oferecendo uma bela vista do centro da cidade. 

Com três dos seus lados protegidos por desfiladeiros, a única via de acesso ao castelo é a empinada Castlehill, no início da Royal Mile, uma das avenidas mais disputadas da cidade, que segue até o Palácio de Holyroodhouse

O que ver no castelo

O Castelo é formado por um extenso espaço que precisa de várias horas para ser visitado. A seguir, detalhamos alguns dos pontos interessantes que você não pode perder. 

Canhão da uma em ponto

Todos os dias, à uma da tarde (exceto aos domingos), acontece um evento muito especial no castelo que reúne todos os visitantes para ver uma curiosa tradição que acontece desde 1861.

À uma, com uma impressionante pontualidade britânica, o General de Artilharia dispara um moderno canhão, que hoje em dia mantém a tradição, mas funciona muito mais como uma atração turística.

No início, o disparo do canhão indicava a hora para os marinheiros e as pessoas da cidade, para que pudessem sincronizar seus relógios (caso tivessem). Outro dos dispositivos públicos usados com essa finalidade era a bola do tempo que foi instalada no Monumento a Nelson em 1861, mas que não era muito eficaz nos dias de neblina.

Capela de Santa Margarita

Construída em homenagem à mãe de David I, trata-se de uma pequena capela que, além de constituir a zona mais antiga da fortaleza, é também o edifício mais antigo de Edimburgo

As Honras da Escócia

As Joias da Coroa, conhecidas como “Honours of Scotland”, são compostas pela Coroa, a Espada do Estado e o Cetro, que são conservados em perfeito estado como um dos conjuntos de objetos reais mais antigos do cristianismo.

Na exposição também se pode contemplar a “Pedra do Destino”, um símbolo muito valioso para a Escócia, sobre o qual eram coroados os reis escoceses. A pedra foi roubada pelo rei Eduardo I da Inglaterra em 1296 e permaneceu em Londres durante 700 anos. Foi recentemente, em 1996, quando o valioso símbolo voltou para a Escócia.

Memória Nacional da Guerra da Escócia

Trata-se de um edifício erigido em memória daqueles que perderam a vida nos conflitos ocorridos desde a I Guerra Mundial

Mons Meg

Esse enorme canhão do século XV é uma mostra da potência de fogo que possuía a imponente fortaleza durante o reinado de Jacob II da Escócia. Foi utilizado durante a guerra contra os ingleses. 

Prisões de guerra

Através da recriação das prisões de guerra podemos ver como sobreviviam em péssimas condições os detentos capturados que ficavam nos sótãos do castelo.

Se você tiver tempo suficiente, o castelo tem muito mais a oferecer aos seus visitantes, como o Museu Nacional da Guerra, os espaços do Palácio Real, a prisão militar e inclusive um pequeno cemitério onde eram enterrados os cachorros do exército.

O coração da cidade

A visita ao Castelo de Edimburgo é uma das mais importantes da cidade e você precisará de várias horas para percorrê-lo, mas será um bom tempo investido. Além do grande interesse despertado pela maioria das exposições, a vista que você terá do alto da colina é uma das melhores da cidade.

Horário

De 1º de abril até 30 de setembro, das 9:30 às 18:00 horas.
De 1º de outubro até 31 de marços, das 9:30 às 17:00 horas.

Preço

Adultos: £16,50.
Crianças de 5 a 15 anos: £9,90.
Maiores de 60 anos e desempregados: £13,20.

Transporte

A pé da High Street.